OBRA DO COLETOR TRONCO CIDADE NOVA É DESTAQUE NA IMPRENSA

A tecnologia de reuso de água é responsável por uma redução no consumo

Rio de Janeiro, 02 de dezembro de 2016 – O sistema de reuso de água oriunda do processo de escavação da obra para implantação do Coletor Tronco Cidade Nova (CTCN), que irá captar o esgoto sanitário de parte dos bairros Cidade Nova, Centro, Catumbi, Rio Comprido, Estácio e Santa Teresa e encaminha-lo para a Estação de Tratamento de Esgoto de Alegria, foi destaque no Jornal do Brasil no último dia 23/11.

Para a execução das obras, o Consórcio CT Cidade Nova, formado pelas empresas Passarelli e CTL Engenharia, implantou o sistema de reuso de água oriunda do processo de escavação para cravação dos tubos, que quando comparado a um sistema convencional apresentou resultados superiores de economia, uma vez que a água recuperada é reinserida no sistema.

A implantação do CTCN utiliza a tecnologia Pipe Jacking, que realiza a escavação subterrânea do solo por meio do Shield, um equipamento similar ao utilizado nas obras do Metrô da Barra da Tijuca. O Shield escava tuneis no subsolo e instala a tubulação, sem precisar abrir valas nem interditar vias importantes para o escoamento do trânsito da cidade. No entanto, este método utiliza grande quantidade de água, para evitar o superaquecimento das suas lâminas no atrito com o solo e ainda para facilitar a retirada do material escavado, sob a forma de lama. Com a adoção do sistema de deságue da lama proveniente da escavação, é possível extrair a água que seria descartada junto com o material sólido, o que possibilita economia de água originalmente prevista para a execução das atividades, uma vez que a mesma retorna ao processo.

“O material escavado é levado até a superfície por meio de um sistema hidráulico, e passa por um processo de separação por sedimentação em tanques. Em seguida a lama é introduzida em grandes bolsas geotexteis, as Bags, onde ocorre o processo de “deságue”, ou seja, a água é escoada e o material sólido é retido. Assim a água pode ser reaproveitada no próprio processo de escavação”, explica Marco Aurélio, Coordenador de Obras do PSAM.

O investimento inicial da implantação do Coletor Tronco Cidade Nova é de R$ 81 milhões e a conclusão das obras está prevista para setembro de 2018, com uma população de 163 mil pessoas beneficiadas e a redução de 700 litros de esgoto por segundo lançado na Baía de Guanabara. Atualmente a obra do Coletor Tronco está com 1.028 metros instalados, 24% de avanço físico.

PSAM

As obras do Coletor Tronco Cidade Nova são parte do Programa de Saneamento Ambiental dos Municípios do Entorno da Baía de Guanabara – PSAM, criado por meio de um contrato de financiamento do Governo do Estado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O Programa tem a coordenação da Secretaria de Estado do Ambiente e o objetivo de ampliar o saneamento ambiental dos municípios do entorno da Baía de Guanabara por meio de obras de saneamento básico e da criação de um novo modelo de governança para a Baía.

Contatos

*

 

 

Unidade Executora - UEPSAM

Contato:
Tel. 21 3575-5679 ou 3575-5680
Atendimento: de segunda a sexta-feira:
Das 9 às 18 horas

E-mail: ascom@psam.eco.br

 

ASCOM - Assessoria de Imprensa SEA

Contato:
Tel. 21 2332-5625 ou 2332-5615
Atendimento: de segunda a sexta-feira:
Das 9 às 18 horas

E-mail: ascom.ambiente@gmail.com

 

OBRAS

Coletor Tronco Cidade Nova
Tel. 0800 024 8499
E-mail: falecom@psam.eco.br

Sistema de Esgotamento Alcântara
Tel. 3600-7540 ou 3600-7559
Email: falecom@sag.com.br