O que é o PSAM?

O PSAM - Programa de Saneamento Ambiental dos Municípios do Entorno da Baía de Guanabara foi criado pelo Decreto Estadual nº 42.931/2011 com objetivo de contribuir para a ampliação do saneamento ambiental nos municípios do entorno da Baía de Guanabara. As obras do PSAM vão evitar o despejo de cerca de 1.900 litros de esgoto in natura, por segundo, em rios e córregos que deságuam na Baía de Guanabara.

 

Quais são as fontes financiadoras do PSAM?

As fontes financiadoras são: Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Governo do Estado do Rio de Janeiro, sob coordenação da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA).

  • Para saber mais sobre as ações dos componentes, acesse o Menu "Componentes".

 

Como o PSAM está estruturado?

O PSAM está estruturado em três componentes: Componente 1 (Obras e projetos de engenharia); Componente 2 (Ações de fortalecimento institucional do INEA, CEDAE e Agenersa); e Componente 3 (Promoção das Políticas Públicas Municipais de Saneamento e Sustentabilidade Fiscal).

 

Quais são as obras do PSAM em andamento?

Atualmente, existem duas obras em andamento: o Coletor Tronco Cidade Nova, na área da Cidade Nova, no centro do Rio, e o Sistema de Esgotamento Sanitário de Alcântara, no município de São Gonçalo

 

O que é a obra do PSAM na Cidade Nova?

O trajeto do coletor tronco passa por áreas de tráfego intenso e densamente povoadas, que compreende as ruas Benedito Hipólito e Avenida Afonso Cavalcanti, na região do Teleporto; Av. Francisco Bicalho, na região da Leopoldina, e ruas Francisco Eugênio e Melo e Souza, em São Cristóvão. Porém, a obra é subterrânea e pouco interfere na rotina da cidade. Agentes da CET-Rio e da empresa que realiza a obra orientam os motoristas, visando mitigar possíveis transtornos no trânsito.

Para saber do status das obras na Cidade Nova-Rio de Janeiro acesse o Menu “Obras\Coletor Tronco Cidade Nova”.

 

Quais serão as principais alterações no trânsito na região da Cidade Nova no município do Rio de Janeiro?

O trajeto do coletor tronco passa por áreas de tráfego intenso e densamente povoadas, que compreende as ruas Benedito Hipólito e Avenida Afonso Cavalcanti, na região do Teleporto; Av. Francisco Bicalho, na região da Leopoldina, e ruas Francisco Eugênio e Melo e Souza, em São Cristóvão. Porém, a obra é subterrânea e pouco interfere na rotina da cidade. Agentes da CET-Rio e da empresa que realiza a obra orientam os motoristas, visando mitigar possíveis transtornos no trânsito.

 

O que é a obra do PSAM em Alcântara no município de São Gonçalo?

As obras de implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Alcântara consistem em duas etapas: construção da Estação Elevatória Alcântara – ETE Alcântara e instalação de redes coletoras de esgoto, que incluem as Estações Elevatórias de Esgoto – EEE.

As obras contemplam 17.400 ligações intradomiciliares, nos bairros Mutondo e Galo Branco, e a destinação do esgoto doméstico para a futura estação de tratamento de Alcântara, visando ao tratamento adequado. Estima-se uma redução de 1.200 litros por segundo de esgoto lançado na Baía de Guanabara após a conclusão da obra e uma população beneficiada de 165 mil habitantes.

Para saber do status das obras em Alcântara - São Gonçalo acesse o Menu “Obras\Sistema de Esgotamento Sanitário de Alcântara”.

 

O que são e para que servem estações elevatórias de esgoto?

As Estações Elevatórias de Esgoto (EEE) são compostas por motobombas (conjuntos de motores e bombas) e tubulações responsáveis por transpor o esgoto de pontos mais baixos para pontos mais altos, a fim de garantir a condução do esgoto na rede e sua destinação adequada.

 

Por que a obra de Alcântara provoca vazamentos? Isso pode comprometer o abastecimento de água?

A obra não afeta o abastecimento de água. Entretanto, em algumas situações, podem ocorrer interrupções temporárias. Os equipamentos da obra podem atingir ramais não mapeados e que não constam no cadastro oficial da empresa de abastecimento de água.

Nesse caso, o morador deve entrar em contato com o canal de atendimento do PSAM para que seja avaliado se a falta de água foi causada pela obra ou se a origem do problema é de responsabilidade da empresa de fornecimento de água.

 

end faq

Contatos

*

 

 

Unidade Executora - UEPSAM

Contato:
Tel. 21 3575-5679 ou 3575-5680
Atendimento: de segunda a sexta-feira:
Das 9 às 18 horas

E-mail: ascom@psam.eco.br

 

ASCOM - Assessoria de Imprensa SEA

Contato:
Tel. 21 2332-5625 ou 2332-5615
Atendimento: de segunda a sexta-feira:
Das 9 às 18 horas

E-mail: ascom.ambiente@gmail.com

 

OBRAS

Coletor Tronco Cidade Nova
Tel. 0800 024 8499
E-mail: falecom@psam.eco.br

Sistema de Esgotamento Alcântara
Tel. 3600-7540 ou 3600-7559
Email: falecom@sag.com.br